Equilíbrio Emocional? 5 dicas que precisa para (re)encontrar o seu


O que é ter controlo emocional? Como gerir o que pensamos, sobre o que sentimos, face a alguma adversidade? Como é que a intenção implica a tomada de decisão, consciente e plena? Como desenvolver as habilidades que promovem a resiliência e a nossa responsabilidade? Quantas vezes não misturamos o que sentimos com o que pensamos?


Tudo o que acontece, no nosso dia-a-dia, provoca diferentes sensações no nosso corpo. Essas, traduzem-se e transformam a emoção em sentimento. O reflexo do que existe e do que damos importância ou valor tem implicações diretas no equilíbrio emocional e, consequentemente, no comportamento.



O que é o equilíbrio emocional? Qual a sua importância?


É a gestão dos sentimentos, pensamentos, ações e reações que irão influenciar o comportamento e a capacidade de superar obstáculos e adversidades. Clareza, segurança e tranquilidade são aspetos importantes quando falamos de equilíbrio. Uma pessoa emocionalmente estável procura resolver, com criatividade, da melhor forma possível, os problemas e/ou conflitos, com base numa tomada de decisão ajustada e acertada - o seu dia-a-dia será vivido com mais satisfação, motivação e produtividade.





Então... e por onde começar?


É importante saber a diferença entre a ação e a reação. A ação é geralmente orientada pelo pensamento, a partir da reflexão que acontece, face a uma necessidade de tomada de decisão. Por sua vez, a reação é a forma como reagimos a situações/contextos inesperados.